Advogada desaparecida por 2 anos encontrada morta em São Leopoldo: veja cronologia do caso

  • 19/06/2024
(Foto: Reprodução)
Alessandra Dellatorre foi vista pela última vez em julho de 2022 na Região Metropolitana. Ossada foi encontrada quase dois anos depois. Polícia confirma identidade de mulher desaparecida em São Leopoldo Estão marcados para esta quarta-feira (18) o velório e o sepultamento da advogada Alessandra Dellatorre, de 29 anos, que estava desaparecida desde julho de 2022 em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Nesta terça (17), a Polícia Civil confirmou ter encontrado a ossada da vítima, vista pela última vez quando saiu para caminhar, há quase dois anos. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Segundo a investigação, o corpo foi localizado no dia 7 de junho, em uma área militar entre São Leopoldo e Sapucaia do Sul. A polícia afirma que não há indícios de crimes, mas investiga as circunstâncias da morte. Confira, nesta reportagem, uma cronologia do caso: Advogada Alessandra Dellatorre, desaparecida em São Leopoldo Arquivo pessoal 16 de julho de 2022: Alessandra foi vista pela última vez Alessandra saiu para caminhar na Avenida Unisinos e não foi mais vista. Segundo a família, ela não tinha levado o celular, nem documento de identificação. Imagens de câmeras de segurança registraram a mulher caminhando na região. Ela estava usando um moletom preto e calça da mesma cor. VÍDEO: câmeras de segurança mostram última vez que mulher foi vista em São Leopoldo 19 de julho de 2022: trabalhos de busca suspensos De acordo com a Major Karyn, do 2º Batalhão de Bombeiros Militares de São Leopoldo, os trabalhos de busca foram suspensos no dia 19 de julho de 2022, depois que nada foi encontrado no perímetro delimitado em que ela foi vista pela última vez. Julho de 2022: recompensa de R$ 15 mil Os pais da jovem gravaram um vídeo anunciando recompensa para quem desse informações sobre o paradeiro da filha. O valor oferecido foi de R$ 15 mil. Pais de jovem desaparecida gravam vídeo anunciando recompensa em São Leopoldo 5 de agosto de 2022: retomada das buscas A Polícia Civil retomou as buscas pela advogada. Segundo o delegado responsável pelo caso, André Serrão, não havia novas pistas sobre o paradeiro dela, porém a polícia ampliou as buscas para Sapucaia do Sul, em áreas adjacentes da mata onde ela havia sido vista pela última vez. Parentes e amigos fizeram, por conta própria, buscas por Alessandra, mas sem sucesso. Familiares e amigos seguem na procura por advogada desaparecida em São Leopoldo 23 de janeiro de 2023: laudo da perícia O Instituto Geral de Perícias (IGP) concluiu o laudo de uma garrafa plástica que foi utilizada por Alessandra quando saiu para caminhar. De acordo com o documento, foi encontrada uma mistura compatível com um medicamento para tratar transtorno de déficit de atenção e hiperatividade e uma bebida energética com cafeína. O objeto foi encontrado no matagal pelo pai da advogada. IGP conclui laudo de garrafa que pertencia à advogada desaparecida São Leopoldo 16 de julho de 2023: missa Familiares e amigos se reuniram na Paróquia Santa Catarina de Alexandria em memória da advogada. Familiares e amigos de Alessandra Dellatorre se reuniram em uma missa na Paróquia Santa Catarina de Alexandria, em São Leopoldo Reprodução/RBS TV 7 de junho 2024: ossada foi encontrada A ossada foi encontrada em uma área de mata no limite entre São Leopoldo e Sapucaia do Sul no dia 7 de junho. O corpo estava no terreno do 18º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército e foi visto por militares que limpavam o local. A perícia atestou a identificação da vítima a partir de um exame de arcada dentária. "A odontologia legal nos deu a identificação baseada na documentação odontológica que tínhamos da Alessandra", diz Maiquel Santos, diretor-geral adjunto do Instituto-Geral de Perícias (IGP). 18 de junho de 2024: comunicado para a imprensa e instauração de novo inquérito A Polícia Civil confirmou, em coletiva de imprensa, que foi localizada a ossada da mulher. O inquérito do desaparecimento de Alessandra foi encerrado, segundo a Polícia Civil. Um novo inquérito será instaurado para apurar as circunstâncias da morte. Não há indicativos de que tenha ocorrido crime, ainda de acordo com a Polícia Civil. "O exame de local não nos trouxe nenhum vestígio de morte violenta, ou seja, não foi encontrado nenhum vestígio junto ao corpo, nenhum contexto que nos leve a crer que essa vítima tenha sofrido algum tipo de violência", explica o diretor-geral adjunto do Instituto-Geral de Perícias, Maiquel Santos. Sobre a localização do corpo em suas dependências, o Exército afirma que está "colaborando com o caso e já instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para verificar possível existência de crime militar". 18 de junho de 2024: Pais se pronunciam sobre morte de filha Os pais da advogada Alessandra Dellatorre se pronunciaram sobre a localização do corpo da filha, quase dois anos após o desaparecimento dela em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Nas redes sociais, Eduardo e Ivete Dellatorre pediram por orações em memória de Alessandra. Publicação assinada pelos pais de Alessandra Dellatorre, advogada que desapareceu em São Leopoldo Reprodução/Instagram VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/06/19/advogada-desaparecida-por-2-anos-encontrada-morta-em-sao-leopoldo-veja-cronologia-do-caso.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes