Câmara conclui votação de texto que estabelece auxílio aos setores de cultura e turismo do RS

  • 18/06/2024
Projeto prevê obrigações dos empresários e prestadores de serviços com os consumidores, artistas e profissionais contratados. A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (22), em votação simbólica, um projeto que estabelece medidas emergenciais para socorrer os setores de cultura e turismo do Rio Grande do Sul. A proposta vai à sanção. O projeto já havia sido analisado pela Câmara, mas sofreu alterações no Senado, que aumentou os prazos para o pagamento do reembolso - de 30 dias para seis meses após o fim do estado de calamidade - e para a possibilidade de remarcação dos eventos. O projeto sobre cultura e turismo prevê obrigações dos empresários e prestadores de serviços com os consumidores, artistas e profissionais contratados. "É um projeto fundamental e importantíssimo para o setor que vem sendo penalizado, já durante a pandemia de Covid-19, e agora com as enchentes e calamidade pública é importante ter algumas medidas para proteger esse setor", disse a relatora Reginete Bispo (PT-RS). Centenas de pessoas precisam retornar a abrigos após novas enchentes no RS Pelo texto, os shows e espetáculos cancelados ou adiados de 27 de abril até um ano após o encerramento do decreto de calamidade no Rio Grande do Sul poderão adotar medidas especiais para a responsabilidade com os consumidores. Os promotores dos eventos poderão: remarcar os eventos; disponibilizar crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços disponíveis pela empresa, com uso permitido até 31 de dezembro de 2025; reembolsar os valores pagos quando for demonstrada viabilidade financeira da empresa, em até seis meses após o fim do estado de calamidade pública. A remarcação ou devolução do valor da compra deverão acontecer sem custo adicional para o cliente, nem aplicação de novas taxas ou multas. Os artistas e profissionais contratados para os eventos não terão a obrigação de reembolsar imediatamente os valores de cachês recebidos, desde que o evento seja remarcado até o fim da situação de emergência.

FONTE: https://g1.globo.com/politica/noticia/2024/06/18/camara-conclui-votacao-de-texto-que-estabelece-auxilio-aos-setores-de-cultura-e-turismo-do-rs.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes