Secretário de Cultura de Porto Alegre pede exoneração do cargo após ser alvo de mandado da PF

  • 19/06/2024
(Foto: Reprodução)
Eduardo Paim foi adjunto de Sônia da Rosa, ex-secretária de Educação de Canoas, em 2021, e a Polícia Federal suposto esquema de corrupção em licitação naquela gestão. Paço municipal, na Praça Montevideo, em Porto Alegre Alex Rocha/PMPA A prefeitura de Porto Alegre divulgou em nota, na terça-feira (18), que o então secretário municipal de Cultura e Economia Criativa, Eduardo Paim, pediu exoneração do cargo. A decisão ocorre cinco dias depois dele ter sido alvo de um mandado da Polícia Federal (PF). 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp A PF investiga Sônia da Rosa, ex-secretária de Educação de Canoas, que ocupou o cargo em 2021, por suspeita de corrupção. Paim foi secretário adjunto dela na época. A investigação tenta esclarecer se houve um esquema para beneficiar uma empresa em uma licitação para compra de livros e kits de robótica. Em Canoas, foram adquiridos 45,3 mil livros por R$ 4 milhões. Já os kits de robótica, por R$ 6,6 milhões. Os contratos investigados pela PF foram custeados com recursos federais. Detalhes da investigação não foram divulgados. Paim exercia o cargo interinamente desde abril deste ano. No lugar dele, assume, temporariamente, a adjunta Liliana Cardoso. A exoneração de Paim e a nomeação de Liliana devem ser publicadas no Diário Oficial de Porto Alegre desta quarta-feira (19). Nota da prefeitura de Porto Alegre "Na tarde desta terça-feira, 18, o secretário municipal de Cultura e Economia Criativa, Eduardo Paim, apresentou carta de exoneração ao prefeito Sebastião Melo, do cargo que exercia interinamente desde abril deste ano. A pasta será assumida temporariamente pela adjunta Liliana Cardoso. A exoneração será publicada no Diário Oficial de Porto Alegre desta quarta-feira, 19". Nota da prefeitura de Canoas "A Prefeitura de Canoas abriu, em 30 agosto de 2023 (Portaria 5.035/23), uma sindicância para apurar as adesões às referidas atas de registro de preços, entre 2021 e 2022. O termo de homologação (98/205), publicado no Diário Oficial do Município, em 4 de junho, acolhe o relatório final da Comissão Sindicante, que recomenda a abertura de um processo de auditoria, o que já está em curso. A Prefeitura trabalha para elucidar os fatos e reforça o seu compromisso com a transparência e com a lisura nos processos, bem como com a gestão e correta aplicação dos recursos públicos". Nota de Eduardo Garcez Paim "Como profissional que atua no setor público há mais de 15 anos, todos eles marcados por uma atuação íntegra e correta, tenho a consciência tranquila sobre o meu trabalho neste período. Assim, colaborei com a autoridade policial e prestarei todas as informações necessárias junto aos órgãos de controle e de imprensa, confiando na justiça e torcendo para que os fatos sejam esclarecidos da forma mais breve possível". O que diz Sônia da Rosa O advogado de Sônia, João Pedro Petek, diz que se só vai se manifestar nos autos do processo. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/06/19/secretario-de-cultura-de-porto-alegre-pede-exoneracao-do-cargo-apos-ser-alvo-de-mandado-da-pf.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes